domingo, 24 de abril de 2016

Primavera no Tejo Internacional...


No fim de semana passado, estive a lecionar uma formação de fotografia de natureza no Parque Natural do Tejo Internacional. Esta área protegida está no auge das suas cores, e muitos são os motivos a fotografar por aqui. A paisagem fica com um manto roxo, causado pelo rosmaninho, espécie endémica que aqui aparece de forma espontânea, aqui e ali giestas e estevas pintam também a paisagem de amarelo e branco. A fauna até aqui, muito escondida, vai aparecendo e convida-nos a registar os seus comportamentos, olhamos com atenção e um mundo de insectos e afins revela-se; lá no alto os abutres, águias calçadas e pêgas azuis andam numa azáfama voando de um lado para o outro, aproveitando os primeiros dias de sol e calor. Consegui registar alguns dos momentos fotográficos do fim de semana, a chuva tirou folga e fomos brindados com ceús carregados de nuvens e luzes fantásticas. Os participantes foram convidados a descobrir e a fotografar todo este património natural, a Tamron apoiou esta iniciativa  com o empréstimo das suas excelentes lentes, e o sucesso foi garantido!