quarta-feira, 16 de março de 2016

Tempestade de luz/ Proença-a-Velha - Uma imagem!


Há dias que nos ficam na memória, pelas imagens visuais que conseguimos guardar na retina, nem sempre a imagem é o resultado do que foi a experiência na realização das imagens. A grandiosidade que a luz ganha nesta imagem, como que escondida num manto negro, aqui representado pelas nuvens, e que finalmente encontra a sua libertação perto da linha do horizonte. Foram minutos a fotografar, mas muito mais minutos a olhar, contemplar, e a entender a luz e tudo o que ela consegue mudar na paisagem diante dos meus olhos. Sou fotógrafo, mas já antes, gostava da natureza e tentava entender tudo o que aí acontecia, e isso faz toda a diferença...