terça-feira, 31 de maio de 2011

Imagens na Exposição - Horizontes de Amato Lusitano, O Corpo do Coração




Esta exposição colectiva teve fotos minhas (acima expostas) de Carlos Matos, Diamantino Gonçalves, Eduardo Margareto, José Joaquim Pio, José Tomás, Paulo Vinhas e alunos do Curso de Fotografia do Agrupamento de Escolas Faria de Vasconcelos, de Castelo Branco. Esteve aberta ao publico durante o mês de Maio e visou homenagear o grande João Rodrigues de Castelo Branco, o albicastrense médico judeu, mais conhecido por Amato Lusitano na Europa de quinhentos.“Horizontes de Amato Lusitano - O Corpo do Coração” esteve patente até dia 29 de Maio na sala da Nora, no Cine Teatro Avenida, no âmbito das comemorações dos 500 anos do nascimento do médico e cientista de Castelo Branco, cujas obras o tornaram conhecido em todo o mundo, Amato Lusitano foi o pseudónimo assumido por João Rodrigues, filho de pais judeus, que viveu a adolescência em Castelo Branco e estudou Medicina na Universidade de Salamanca. As perseguições da Inquisição levaram-no a viajar pela Europa, onde publicou toda a sua obra, na qual descobriu a circulação sanguínea e descreveu detalhadamente centenas de casos clínicos. O albicastrense Amato Lusitano foi ponto de encontro de vários olhares destes fotógrafos sobre a personagem e sobre a cidade, o resultado foi documentado num exposição com inúmeras leituras e deu origem a um catálogo da exposição muito bem conseguido. Bela iniciativa!